HYPNOBIRTHING

O que é HypnoBirthing?

O Hypnobirthing e as suas técnicas são essencialmente uma filosofia de parto, um estado de espírito, uma forma de estar. 
 

Quando uma mãe e seu companheiro de nascimento (o pai do bebé, um familiar, um amigo/a, uma doula etc) são capazes de abordar este momento tão especial, sem medo e com conhecimento, bom suporte e ferramentas para o nascimento, então o seu parto pode ser uma experiência positiva, responsável e inesquecível. 
​ 
É um método testado e comprovado que orienta e prepara uma mulher no parto de uma forma pacífica e de uma beleza extraordinária.

É um programa que considera não só o bem estar físico como o bem estar psicológico da mãe, do seu parceiro de nascimento, e do recém-nascido, seja no silêncio de uma casa, um hospital ou uma maternidade.

Meditacao

A parte 'hypno' de 'hypnobirthing' refere-se à hipnoterapia que se utiliza durante o programa de libertação de medos e condiciona-nos a libertar endorfinas durante o parto. Com a ajuda da hipnoterapia, o nascimento do seu bebé pode ser uma experiência mais calma e relaxada, aquela em que você está no assento do motorista, em vez de sentir como um passageiro. Este método é susceptível de reduzir a necessidade de intervenções durante o parto.

Hypnobirthing usa uma combinação de diferentes técnicas e filosofias que já existem há muitos, muitos anos. A sabedoria antiga é combinada com a teoria moderna, o que lhe dá a vantagem na sua aquisição de conhecimento enquanto se prepara para o nascimento do seu filho.

O parto natural não é um novo conceito. Os nossos antepassados nasceram naturalmente sem o uso de anestesia ou muitas das intervenções que são comuns hoje. Hypnobirthing pode ajudá-la a preparar-se para um parto natural calmo e positivo, enquanto adquire o conhecimento e as ferramentas necessárias para lidar eficazmente com quaisquer circunstâncias especiais que possam surgir.

Um programa Hypnobirthing é construído em torno de um processo educativo que inclui especial atenção a respiração, relaxamento, visualização, prática meditativa, atenção à nutrição e tonificação corporal positiva. 
Mais importante, promove o respeito mútuo entre a família de parto e o prestador de cuidados de saúde num sistema de saúde tradicional ou alternativo.

Existem muitas opções e muitas decisões a tomar na sua experiência de gravidez e de parto. 
Opções na selecção do seu prestador de cuidados de saúde, opções na selecção do ambiente em que vai trazer o seu bebé ao mundo. Outra opção importante são as aulas de educação pré parto, onde vai escolher a melhor forma para se preparar para o nascimento do seu bebé. 

Técnicas Hypnobirthing e Benefícios

Os efeitos globais da prática de técnicas de Hypnobirthing são que os futuros pais serão mais capazes de apreciar os benefícios de calma, parto suave, tornando a experiência de alegria para a mãe, bebé, e do

companheiro de nascimento, benefícios que podem durar uma vida. 
​ 
As mulheres de hoje, na nossa cultura Ocidental, mantêm um medo sem precedentes de dar à luz, muitas vezes associando o parto com uma dor insuportável, fazendo assim com que seus corpos se tornem incapazes de realizar o que deveria ser uma função fisiológica normal. 
​ 
Hypnobirthing é uma forma única de educação para o  natural parto relaxado,  reforçada pela auto-hipnose e técnicas de imagens guiadas que permitem as mulheres usarem suas habilidades naturais para trazer ao mundo os seus bebés de uma forma mais segura, mais fácil e ter um parto mais confortável.

Autoconfianca

 

As técnicas Hypnobirthing ensinam a mulher como libertar toda a programação prévia sobre o nascimento, a libertarem-se de pensamentos limitantes e de emoções que levam ao medo que causam dor e músculos resistentes. 
 

Ao dar à luz com técnicas de Hypnobirthing, uma mãe não está em transe ou a dormir, está num estado de relaxamento profundo acordado, consciente, e totalmente em controlo.

Nas aulas de um curso de Hypnobirthing constrói-se confiança, aprende-se o que o que causa a dor durante o parto, mas mais importante, aprende-se a lógica por detrás do porque é que durante o parto não tem que haver dor e como podem alcançar esta experiência . 
Os futuros pais, ou mães e os seus companheiros de nascimento, sejam o pai, um amigo, familiar ou doula, estudam as alterações físicas e químicas que ocorrem durante o período de tempo em que o medo e a ansiedade estão autorizados a acumular-se. 
Esta consciência da resposta de luta, fuga ou congelamento da mente perante certos eventos ajuda-los a escolher a calma. 
Eles praticam técnicas de Hypnobirthing destinadas a ajudá-los a ver a relação entre o medo e a possibilidade de dor. 
Estes exercícios tornam-se ensinamentos para a vida, que também vão ajudar nas suas competências parentais. 

Background

Ao longo do século passado, ocorreu uma revolução no parto, e as tendências comecaram a mudar em direcção ao parto natural, com o back-up do acompanhamento médico quando necessário, mas estamos a começar a perceber que essa necessidade é menor do que se pensava anteriormente.

Há 150 a 200 anos atrás, havia pouca ou nenhuma ajuda para as mulheres em trabalho de parto. Ao longo dos séculos,  o conhecimento de ervas que havia tinha sido retirado as mulheres em trabalho de parto e, mesmo quando os anestésicos foram descobertos, foram usados ​​em operações cirúrgicas, mas não para aliviar a dor no trabalho de parto. 
Então, desde 150 a pouco mais de 50 anos atrás, as tendências mudaram completamente e, a partir do momento que a rainha Victoria exigiu anestésicos em trabalho de parto, as mulheres eram mais e mais frequentemente anestesiadas até que se tornou a norma dar à luz sob anestesia com um parto a fórceps. 
Isso foi o que aconteceu quando Marie Mongan, a fundadora do Instituto Hypnobirthing, quando deu à luz pela primeira vez no final dos anos 50.

Parto Positivo

Como é que esta mudança aconteceu desde então? 
​ 
Havia obstetras atentos e de mente aberta, como Grantly Dick-Reed na primeira metade do século 20 e Michel Odent que praticava desde a década de 1980 até o presente momento. Esses homens estavam dispostos a pensar fora da caixa e questionar as práticas contemporâneas e, como resultado, foram muitas vezes tratados como "mavericks" por seus pares. 
​ 
Dick-Reed estava perplexo sobre o porquê de algumas mulheres darem à luz naturalmente, sem drogas e sem dor, mas a maioria das mulheres sofriam em agonia em trabalho de parto.

Ele ponderou sobre isso, e chegou à conclusão que a raiz do problema era o medo. O medo leva à tensão, e a tensão inibe o funcionamento natural dos músculos e provoca dor. 

Odent introduziu piscinas de parto à sua maternidade em Pithiviers, perto de Paris na década de 1980 e encorajou as mulheres a darem à luz em qualquer posição que se sentissem confortáveis, muitas vezes, de cócoras, de joelhos ou de pé, com apoio.

Como é que esta mudança aconteceu desde então? 
Em seguida, surgiram as parteiras, as pessoas que vêem milhares de nascimentos e que sabem bem o que funciona e o quais os protocolos que são inúteis. E talvez com o contornar das regras quando elas viam que era no melhor interesse de uma mãe, e, ao longo do tempo, novas práticas vieram a ser aceites como normal. 
​ 
As pessoas começaram a escrever sobre o fenómeno de nascimentos naturais e casa, incluindo Michelle Leclaire O'Neill que foi creditado pela primeira vez com inventor do termo Hypnobirthing em seu livro de 1987. 

Quando Marie Mongan, tal como tantas outras, deu à luz seu primeiro filho os protocolos hospitalares da altura, 1950's, ditaram que ela teria de dar à luz deitada de costas num sofá cirúrgico duro, com as pernas em estribos, braços amarrados ao sofá, e uma máscara de clorofórmio no seu rosto. No momento em que seu terceiro filho chegou ela tinha exigido para ser autorizada a dar a luz naturalmente com o marido presente, e este nascimento, à luz suave natural foi um grande precursor do Hypnobirthing. 
​ 
Cursos populares baseados neste conceito têm sido desenvolvidos ao longo do tempo para preparar as mães para o nascimento. Alguns exemplos são: O método Lamaze, o método deBradley, Hypnobirthing - o Método Leclaire, HypnoBirthing - o método Mongan,Hypnobirthing International, GentleBirth, Calmbirth, Hypnobabies e a lista continua. 

É difícil para uma mãe de "primeira viagem" defender o que ela quer quando se encontra num ambiente estranho, onde ela está sob pressão para se conformar com protocolos e rotinas e com medo de ser rotulada como um "paciente difícil" e de fazer qualquer coisa que possa prejudicar o seu bebé. Mas com a aumento de mães a fazerem prevalecer o seu desejo de um parto natural tem provocado grandes mudanças na prática medica ao longo dos anos. 
A internet também tem sido a causa de grandes mudanças. Nos dias de hoje, logo que uma mulher sabe que esta grávida, pesquisa na internet gravidez, o parto natural, etc, e é capaz de descobrir os prós e contras de cada procedimento por si mesma, sem depender exclusivamente no que lhe é dito pelas instituições de saúde. 
​ 
Por último, uma grande revolução no parto está sendo trazido neste momento por Hypnobirthing e outros métodos que se seguiram, onde Grantly Dick Reid e Michelle Leclaire levou. 


As mulheres estão a assumir a responsabilidade do seu próprio bem-estar e de seus bebés e estão-se a educar para reivindicar a forma calma e suave, mais confortável de dar à luz que é o seu direito biológico. 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now