Empower Yourself: Criando uma experiência satisfatória de nascimento


​​

Na nossa cultura ocidental, o nascimento é focado unicamente no resultado final:

um bebé saudável e uma mãe saudável.

Ver mais em "Uma boa experiência de parto é muito mais do que o nascimento de um bebé saudável

Embora seja extremamente difícil contestar que este é o objectivo final de uma gravidez e de um parto, o processo pelo qual bebé e mãe passam até se reunirem fora do útero também é significativo.

A saúde da mãe e do bebé pode ser definida como muito mais do que simplesmente os seus sinais vitais mensuráveis.

Os estados físico, emocional e espiritual de uma mãe estão entrelaçados e inseparáveis. Se este trio de elementos está debaixo de stress – físico ou emocional - durante o nascimento, o bebé pode igualmente ser afectado e também mostrar sinais de stress.

A saúde emocional e espiritual pós-parto da mãe é extremamente influenciada pela sua percepção da sua experiência de nascimento, o que por sua vez pode afectar a maneira como ela vê e aborda o seu papel como mãe e muitos outros aspectos da sua nova vida.

Como a mãe é tratada pela sua equipa de apoio durante o parto, funcionários e qualquer outra pessoa que ela possa encontrar durante o parto têm um impacto físico, emocional e espiritual durante o trabalho de parto. O bem-estar da mãe é fundamental para o bem-estar da criança, não apenas enquanto a criança está no útero, mas muito mais quando fora do útero. Cuidar de todo o ser da mãe durante o processo de nascimento e pós-parto é crucial não só para a saúde da mãe, mas também para a do seu bebé.

Não só - inúmeras - mulheres e homens sabem intuitivamente que o processo de nascimento é importante, mas também há informações baseadas em pesquisa para reforçar essa sabedoria inapta.

Em estudos relacionados com o parto, o tema torna-se bastante significativo e emerge quando as mulheres relatam sentirem-se satisfeitas com suas experiências de nascimento quando foram capazes de expressar os seus desejos e fazer as suas próprias escolhas.

Embora seja comum nos dias de hoje, na nossa cultura tão medicalizada e cientifica, fazer a suposição de que o objectivo de uma experiência positiva de nascimento passa por usar medicação e eliminar a dor, ou ter um nascimento natural no qual a sensação total é sentida, vários estudos provaram que nenhum destes cenários conduzem ou são uma consequência de uma experiência satisfatória, como nossa cultura e o que nos rodeia nos faria acreditar.

Na verdade, a evidência sugere que os factores que fazem com que um nascimento seja satisfatório não são centrados em torno de saber se a experiência da mulher foi dolorosa ou não.

Ver mais em “Temos de sentir dor ou não? Não!”

De acordo com um estudo de 1990, um "parto doloroso é tão provável de ter uma avaliação positiva como um sem dor. A redução da dor (como factor único) não fará nada para promover uma experiência de parto geralmente positiva "(Salmon, Miller & Drew, 1990).

Noutro estudo, não foi o uso de medicação ou a falta dela que fez a diferença, mas sim a satisfação de uma mãe reflectida em ter sentido que ela era capaz de "influenciar significativamente decisões relacionadas com os seus cuidados de saúde" (Willmuth, 1975).

Num resumo de alguns estudos, as mulheres eram mais propensas a descrever as suas experiências de nascimento negativamente quando se sentiam "invisíveis e fora do controlo" durante o processo (Elmir, Schmied, Wilkes & Jackson 2010).

Conhecimentos passados de gerações, informações baseadas em estudos científicos e compreensão intrínseca combinam-se para iluminar uma verdade:

uma experiência de nascimento satisfatória é aquela em que uma mulher sente que os seus desejos são respeitados, honrados e ouvidos.

Se uma mulher escolhe fazer a escolha informada de usar uma epidural para o alívio da dor, dar à luz naturalmente sem alívio da dor, ter o seu bebé por cesariana, parir vaginalmente após parto cirúrgico (VBAC), parto por cirúrgico após cesariana, dar à luz no hospital, em casa, na água, de pé, de cócoras, deitada, ruidosamente, silenciosamente, na solidão ou com companhia, com velas acesas na escuridão, sob o sol brilhando, com música tocando ou em silêncio com apenas o som de sua própria respiração nos seus ouvidos, é o acto de fazer escolhas que são suas, próprias, que finalmente a apoiarão em ter uma experiência de nascimento satisfatória, como ela a define.

Ter influência sobre os próprios cuidados de saúde durante o processo de nascimento pode ser conseguida de várias maneiras e é aplicável a todos os tipos de escolhas e circunstâncias de nascimento.

Actividades sugeridas para se preparar:

~ Ler livros sobre o nascimento e gestação ​de evidência baseada, artigos e websites para compreender quais as suas opções.

~ Pesquisar todas as opções relativas a prestadores de cuidados de saúde, parcerias (hospitais, casa, etc), aulas de preparação para o parto e pessoas de apoio ao nascimento na sua área.

~ Criar um diário, discutir, criar obras de arte e reflectir sobre seus próprios pensamentos e sentimentos sobre as opções disponíveis.

~ Depois de fazer o trabalho de casa de investigação, confie na sua intuição e vai saber sobre o que é certo para si e para o seu bebé.

~ Escreva as suas preferências de nascimento ("plano de nascimento/parto") para discutir com seu provedor de cuidados de saúde escolhido o mais cedo possível durante a gravidez, para garantir que o profissional de saúde escolhido seja colaborativo e não ditatorial na sua abordagem sobre os seus cuidados. Se não estiver interessado em discutir as suas preferências e assinar o seu plano de parto, ele ou ela pode não ser capaz ou disposto a apoiá-lo a ser um participante activo em seus cuidados. Terá tempo de mudar de profissional de saúde.

Ver mais em "Lista de perguntas a fazer na primeira consulta de obstetricia"

~ Mesmo que o seu processo de nascimento se desenrole de uma maneira inesperada e não seja capaz de fazer as escolhas que esperava e antecipou, ainda haverá escolhas para fazer e maneiras de influenciar os seus cuidados de saúde. Embora muitas vezes seja um aspecto emocionalmente desafiante da preparação do parto, passar algum tempo compreendendo que circunstâncias inesperadas podem ocorrer e que opções e escolhas ainda estão disponíveis, é extremamente importante. Há que cobrir todos os cenários de modo a estar confortável com as escolhas que poderão ocorrer.

Ver mais em "Preferências de parto Hypnobirthing"

~ Autorize-se a fazer alterações, se a qualquer momento uma das suas escolhas já não é confortáveis. Nunca é tarde demais para usar sua voz e fazer uma mudança.

~ Lembre-se que a capacitação/empoderamento é algo que dá a si mesma, não algo que outra pessoa lhe dá. A definição principal do dicionário para o termo “to empower” é dar (alguém) a autoridade, o poder. Confie e acredite que você já está autorizada. Você e o seu bebé merecem ter o apoio de um provedor de cuidados de saúde e equipa de apoio que usam a sua formação profissional, habilidades e conhecimentos para apoiar a SUA autoridade e poder. Saiba e acredite que não há outro ser humano que tenha maior autoridade sobre você e o seu bebé, do que VOCÊ!

References:

http://www.wellroundedmomma.com/single-post/2014/05/06/Empower-Yourself-Creating-a-Satisfying-Birth-Experience

Salmon, P., Miller R., & Drew, N.C. (1990). Women’s anticipation and experience of childbirth: The independence of fulfillment, unpleasantness and pain. British Journal of Medical Psychology, 63 (Part 3), 255-259.

Willmuth, L.R. (1975). Prepared childbirth: The concept of control. Journal of Obstetric, Gynecological, and Neonatal Nursing, 4, 38.

Elmir, R., Schmied V., Wilkes, L., & Jackson, D., (2010). Women’s perceptions and experiences of traumatic birth: A meta-ethnography. Journal of Advanced Nursing, 66(10)

“empower”. Oxford Dictionaries. Oxford University Press. http://www.oxforddictionaries.com/us/definition/american_english/empower(accessed May 01, 2014).

Featured Posts
Recent Posts
Follow Us
Search By Tags
Archive
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now