Como o Hypnobirthing entrou na minha vida e como tudo mudou !

Sou mãe de três Hypnobubs e partilho convosco como o Hypnobirthing entrou na minha vida e mudou toda a minha abordagem ao nascimento.

Quando engravidei pela primeira vez em 2012 já estava a viver na Austrália há uns bons anos, longe da família em Portugal, dos amigos próximos, de tudo o que me era familiar e do que precisava daquele momento. Apetece muito voltar as origens e procurar o colo da mãe, da amiga da avó…mas aqui não tinha nada disso e com 10h de diferença horária falar no skype/telefone/etc as vezes também ficava complicado falar quando mais precisava.

Tudo mudou! As lágrimas escorriam pela minha face – o que é bastante fácil para uma grávida a meio da gestação – mas a emoção deste nascimento tocou-me de uma maneira que me fez acreditar que era assim eu eu queria que o meu bebé viesse ao mundo. Sabia que não iria poder ter um parto na agua, porque a minha maternidade na altura não estava preparada para isso (hoje já é o corrente) mas era assim que queria receber o meu bebé. Com Hypnobirthing. Que raio era hypnobirthing? Não fazia mínima ideia mas mal pesquisei sobre hypnobirthing classes descobri a Melissa Spilsted e a sua página da Hypnobirthing Australia (agora também online com Hypnobubs para todo o mundo).

Ver mais em Hypnobubs Online Course

Li tudo na diagonal e telefonei-lhe na hora. Chorei baba e ranho ao telefone. Agora estava assustada porque sabia o que realmente queria e estava com muito receio de não conseguir dar o nascimento que desejava ao meu bebé. Do outro lado da linha ouvi palavras de comforto e de seguranca. Foi um telefonema que marcou o inicio de uma grande amizade. A Melissa marcou as nossas aulas para a semana seguinte, o ultimo spot daquele grupo, e ai começou uma viagem para uma mudança que iniciou a nossa vida como pais. Foram 4 semanas de sessões das 18h-22h as 5fs, um encontro que ficou marcado por uma amizade crescente entre os participantes do grupo. Estamos juntas regularmente até hoje. Ver mais em Grupo de maes Naquela semana antes da primeira sessão li tudo o que consegui agarrar sobre Hypnobirthing, livros e blogs e vídeos …tudo…mas nada se comparou com a primeira sessão. Ver mais na Biblioteca Digital - Livros, Audio, Video

Foi nos aberta uma porta para um estado de espírito, uma forma de vida diferente do dia-a-dia, aprendi a confiar em mim e a ouvir o meu corpo em vez de deixar que me digam o que se esta a passar. A postura passiva muito comum nas grávidas, porque é uma altura extremamente vulnerável e queremos confiar em quem achamos que sabe mais e melhor, ficou completamente de lado, porque ninguém sabe nem conhece melhor o meu corpo e o meu bebé do que eu. Essa confiança foi como que um recomeço, foi uma nova etapa na gravidez. Falei com o meu ob na consulta de rotina seguinte e fiquei muito feliz por ele estar super a vontade com Hypnobirthing, conhecer o método e ser super a favor- Hypnobirhting é uma das preparações para o parto mais populares aqui na Austrália. Podia não ser a favor e ai teria de procurar outro profissional de saúde que me apoiasse nesta escolha. Ver mais em Perguntas a fazer na primeira consulta de obstetricia Com o passar das sessões a informação começa a assentar, a confiança a aumentar e o papel do meu marido, parceiro de parto, comeca a ser cada vez maior. Todos os exercicios, práticas que trazemos para casa passam por ele.

Não estamos nisto sozinhas, de maneira nenhuma. Em Hypnobirthing o papel do parceiro de parto e crucial e embora tenha havido alguma resistência no início, como existe em todas as mudanças, foi muito importante para nós estabelecermos esta ligação durante a gravidez. Ele reconheceu todos os sinais sem mesmo eu ter noção de os estar a dar. Ver mais em Parceiro de Parto e Hypnobirthing As semanas passaram-se, as sessões acabaram mas continuamos a encontrarmo-nos. Estavamos todas a espera de bebés para Outubro e início de Novembro e foi maravilhoso acompanhar as gravidezes até ao fim e conhecer os bebés à medida que iam nascendo. Numa semana eramos 12 mães, na próxima semana já eramos 12 mães e um bebé, e na outra 12 mães e 3 bebés … A minha gravidez correu lindamente até fim e não havia qualquer indício de que o bebé viesse mais cedo do que previsto. Na minha mente eu achava que o bebé viria tarde, porque eu também tinha vindo tarde etc…pois pois...as ideias pré concebidas, os mitos, e as velhas tradições a tentarem entrar no sistema.... 39 semanas, 5f dia de consulta de rotina, tudo ok, nem sinal de bebé tão cedo… continuei com o meu dia, fui ao ginásio – a típica baleia na aula de yoga – fui ás compras, passei a tarde na piscina e esperei que uma amiga me viesse buscar para ir ao cabeleireiro. Já não me sentia bem a conduzir… Vim para casa e estava cansadíssima…pudera! Jantámos e sentei-me na minha bola de pilates a refilar que não conseguia estar confortável de maneira nenhuma… grávida refila por tudo, ok?! O meu marido começou a achar estranho e recordo-me de dizer “sabes que estás a dizer que não estás confortável de 5 em 5 minutos…” “estás-me a controlar agora?!” sim, grávida fica fula da vida com tudo também…. Lá me convenceu a ligar para a maternidade para perguntar se estava tudo bem. Como vivíamos muito perto da maternidade convenceu-me a lá ir, só pelo seguro e para depois poder dormir descansada…quer dizer, descansado! Bem, ainda bem que o fizemos porque o nosso bebé nasceu poucas horas depois… Eu tinha estado em trabalho de parto o dia todo e não dei conta. Tinha passado o dia todo com os headphones a ouvir as minhas faixas preferidas, Surge of the sea, que ouvi sempre que estava na piscina, e as Prompts for Birthing (afirmações), e estive sempre tão relaxada, tão em paz que tudo se foi encaminhando sem que eu sequer desse conta. O meu marido leu todos os sinais sem me alarmar e a nossa preparação começou a dar os seus frutos.

Ver mais faixas mp3 em Biblioteca Audio

Hypnobirthing funcionou para mim como que um desligar do mundo, um filtro magnífico do ruído da sociedade que nos diz que tudo é perigoso e que o nascimento é algo de terrível e que só médicos é que sabem tudo e nos podem salvar! Com o meu segundo bebé foi tal e qual. Já devia ter aprendido alguma coisa mas não. Foi o meu marido de novo que me convenceu a ir ver se estava tudo ok e o Henry nasceu nem 1h depois de ter chegado a maternidade, para o meu total choque!

Com o meu terceiro tudo correu lindamente mas desta vez consegui aperceber-me do que estava a passar e foi maravilhoso!

Achei que não seria possível, visto já ter “perdido” os trabalhos de parto anteriores, mas desta última vez consegui desfrutar de um trabalho de parto fantástico. Recebi cada mudança do meu corpo com tanta alegria, euforia mesmo, que fez com que a experiência tivesse sido fenomenal.

Para mim foi assim, para outras mães foi diferente – podem ler aqui centenas de relatos de hypnobirths – mas uma coisa todos tem em comum, conseguimos dar aos nossos bebés o nascimento que desejámos. Um começo calmo, tranquilo, com uma das coisas mais importantes do mundo: muita informação. Informação é poder e um curso de preparação Hypnobirthing dá exactamente isso, muito poder de volta aos pais para poderem decidir qual a melhor forma de trazer os seus filhos aos mundo, e de uma maneira calma e tranquila. Nem todos os relatos são de partos naturais, na água , com música e pétalas de rosa….muitos são em carros a tentar chegar a uma maternidade porque não deu tempo para chegar a maternidade – quase me aconteceu a mim – outros tiveram de ser ajudados pela maravilhosa ciência que temos nos dias de hoje que é a medicina e há imensos relatos de cirurgias necessárias que deram a estes bebés o melhor nascimento possível. Para mim o mais importante era respeitar o tempo e a forma de nascimento do meu bebé e algo que também era essencial era estar confortável para o receber. Recebi os meus dois bebés com as minhas mãos, calmamente, tranquilamente, sem grandes aparatos, sem barulhos desnecessários, sem gente a mais na sala de parto… a nossa hora foi respeitada e Hypnobirthing deu-me todas as ferramentas para que isso pudesse acontecer. Ver mais em Preferencias de Parto Hypnobirthing Nas sessões de Hypnobirthing foram-me dadas ferramentas que usei e abusei e outras que nem sequer me lembrei mais delas. Como em qualquer caixa de ferramentas temos lá tudo e mais alguma coisa, desde chave de fendas, a pregos e parafusos, a ferramentas mais complicadas que nem sabemos o nome nem para que servem, mas estão lá no caso de serem precisas. Hypnobirthing deu-me a conhecer todos esses truques e dicas para um parto calmo e positivo mas no fundo deu-me a conhecer uma mãe longínqua que vivia dentro de mim, deu-me a conhecer uma profunda confiança no meu corpo e no meu bebé e fez a ligação entre essa mãe primitiva e a mãe de agora tornando-me apta para fazer as escolhas certas para receber o meu filho.

Para saber mais como conseguir atingir um parto calmo e positivo com Hypnobirthing ver mais em Hypnobubs ou contacte-me aqui para marcar uma sessao de esclarecimento.

Featured Posts
Recent Posts
Follow Us
Search By Tags
Archive
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now